MODA PARA EMPODERAR | Conheça Toda Frida e a coleção Fight Like A Girl

Lutar como uma garota sempre foi sinônimo de fraqueza. Ser comparado a uma garota era algo humilhante pra meninos de todo o mundo. A ideia de que mulheres são seres frágeis e indefesos, incapazes de vencer batalhas e lutas, sejam elas quais forem, ainda é disseminada por aí, viu? O mais irônico disso tudo é que a mulher vem vencendo suas lutas com o passar do tempo, mesmo sendo posta pra trás, sendo violentada, discriminada e deixada de lado em diversas áreas da nossa sociedade. Somos fortes, empoderadas, guerreiras e lutadoras! E nós estamos vencendo, vivendo uma revolução. Formando e criando meninas pra se enxergarem como verdadeiras heroínas. Pra vencerem a batalha que é SOBREVIVER sendo mulher.

“Você luta como uma garota!”

“Obrigada!”

E é com base nessa ideia que a Toda Frida, marca de Santa Catarina, formada por mulheres maravilhosas, desenvolveu a coleção “Fight Like a Girl” onde através das ilustrações da talentósíssima Kaol Porfírio mulheres poderosas da cultura POP, games, filmes e séries, são representadas como verdadeiras heroínas que são ,para empoderar mulheres na vida real e mostrar que lutar como uma garota é um GRANDE elogio! Quando podemos usar a moda pra exaltar a luta feminina, estamos mais uma vez rompendo barreiras e tomando nosso espaço de direito!

Eu escolhi algumas das minhas personagens preferidas e vou mostrar pra vocês essa coleção feita com todo carinho, 100% handmade, onde a principal matéria prima é o AMOR!

Confere comigo!

Rey – Star Wars <3

13101129_1084220518300759_853729129_n

13115742_1084220571634087_1503179701_n

Jessica Jones <3

13115698_1084220451634099_1104158419_n

13153417_1084220651634079_1461961521_n

Daenerys Targaryen – Game Of Thrones

13152668_1084220604967417_1313411744_n

13149954_1084221631633981_848211789_n

E tem o BÔNUS <3 Além da coleção Fight Like a Girl, a Toda Frida ainda conta com linnnnndas estampas em vestidinhos, saias e várias opções de tamanhos e modelos. Vale lembrar que a Toda Frida trabalha com modelos no tamanho do PP ao XG (34-52, você pode conferir as tabelas de medidas AQUI!) e  entrega pra todo cantinho do Brasil numa caixa linda e cheirosa, sempre com algum mimo dentro <3

Dá só uma olhada nesses vestidinhos!

13115418_1084220584967419_1926321481_n

13162569_1084220681634076_494800565_n

13162176_1084220631634081_1313780065_n

13140702_1084220768300734_622500701_n

Não é DEMAIS, gente? Quer conferir TODAS as estampas e modelos e já garantir a sua? Entra aqui no site da Toda Frida tente se encantar por apenas uma.. É IMPOSSÍVEL! <3 Pra acompanhar mais sobre novas coleções, modelos, promos e novidades, siga a Toda Frida no Instagram e curta a página no Facebook!

É hora de fazermos acontecer a #ModaParaEmpoderar

#BeijoDaGlai

REPRESENTATIVIDADE! 10 cosplays maravilhosos feitos por mulheres GORDAS!

Ah, como eu amo quando somos representadas de maneira tão linda!

Não é novidade pra ninguém que o meio nerd é bem machista e preconceituoso. Mulheres que se interessam por temas relacionados a cultura pop, geek, gamer e nerd em geral, sofrem pra serem respeitadas e bem tratadas pela massa masculina que ainda se acha dona do mundo. É uma pena que essa classe que tanto se diz “excluída” ainda exclua tanto também. Mas nós já não nos calamos nem nos reprimimos mais. Estamos ganhando voz em todas as áreas e não vai ser nessa que ficaremos pra trás, né? Se a mulher gorda já é excluída e hostilizada só por existir na sociedade, agora imagina num meio que já é misógino e preconceituoso por si só? Pois é, é exatamente por isso que mulheres que OUSAM serem maravilhosas nisso, devem ter toda nossa admiração e respeito!

Bóra conferir algumas dessas lindezas?

 

#11

 

#2

8

 

#3

4

 

#4

grecian_princess_cadence_from_my_little_pony_by_kikiama-d80a53a

 

 

#5

5

 

#6

6

 

#7

9

 

#8

2

 

#910

 

#10

7

 

Já fez cosplay também? Sonha em fazer algum? Conta pra mim!

<3

#BeijoDaGlai

 

Beijo da Glai e DazGorda convidam: Workshop de Expressão Corporal SÓ PARA GORDAS

Quando eu fico reclamando pra vocês que poucas coisas na vida são feitas para mulheres gordas, até me chamam e chata. Mas é assim com quase tudo. Com a moda, com a arte, com representatividade que ainda falta.. Mas nem tudo tá perdido não, viu? Existem pessoas que dedicam sua vida e seu precioso tempo em prol de empoderar, libertar e representar a nossa tão esquecida e injustamente desvalorizada classe. E é isso que precisamos, alguém que faça POR NÓS e PARA NÓS.

Foi pensando nisso que as maravilhosas criadoras do DazGordas idealizaram a realização do Workshop Expressão Corporal SÓ para GORDAS, com orientação de Keka Bittencourt.

DAZGORDA

E olha que demais a proposta:

“O workshop surge como uma proposta de espaço de representatividade e criação artística sensível para artistas e não-artistas gordas. Vamos explorar as potencialidades do corpo de maneira sensível, individual e coletivamente, e criar uma coreografia-manifesto a partir dos questionamentos trazidos para a sala de ensaio.

Por que no mundo do teatro e da dança não vemos gordos e gordas, e se vemos, são uma minoria irrisória e MUITO RARAMENTE em papéis principais?
Por que não encontramos gordas fazendo aulas de expressão dramática ou corporal nas escolas de arte?
Que espaço sensível democrático é esse proposto nessas instituições?
As propostas existentes são pensadas para todos os corpos?
Quais as possibilidades poéticas do corpo gordo?
Quais os discursos desse corpo?”

Eu to emocionada aqui, gente <3 O Workshop Expressão Corporal ocorrerá em Porto Alegre, dias 18,19,20 e 22 de abril, sempre às 19h, na Casa Frasca AQUI tá o link do evento pra maiores informações de como participar! Eu estarei lá fazendo as honras e representando as bloggers gaúchas, cheia de vontade de aprender mais e ter um debate franco com que realmente entende de gorda: AS GORDAS! <3

Tá, mas e a coleção plus-size da Renner, hein?

Eita, santa polêmica!

Lembram que semana passada eu contei toda contente nesse post aqui, que a Renner tinha anunciado o lançamento de uma coleção de moda plus-size, certo?

Pois a coleção foi lançada ontem, 30/3 no e-commerce e dividiu opiniões de consumidoras, blogueiras e influenciadoras no meio gordo. Como eu também anunciei e aguardei a campanha com muito carinho e expectativa, venho contar pra vocês o que eu achei disso tudo!

Eu confesso que esperava mais em vários aspectos. Esperava roupas mais jovens, muito mais street, mais glam, mais tendência. E olha, eu valorizo muito a moda mais básica, mais elegante.. Mas nem toda gorda tem estilo mãe-bem de vida-mulher de negócios. Mulheres gordas são diferentes entre si, elas tem estilos e necessidades diferentes. Eu, por exemplo, queria muito aquelas roupinhas da Renner na sessão mais teen, com shortinhos e aplicações, com metais, franjas e muito brilho. Mas não, dificilmente entro nessas roupas. Eu preciso usar de toda a minha criatividade, malemolência e acessórios pra tentar chegar perto do que eu gosto como estilo pra mim.

oiee

E o preço? Passeando pelas lojas nós já vemos a diferença dos preços antigos para os atuais da Renner. Tá tudo mais caro na moda tradicional, agora imagina a moda plus-size. O problema disso tudo é o abuso nos preços plus por coisas muito simples. Pode não ser a coisa mais linda, mas você ainda encontra blusas por menos de 50 realidades nas prateleiras convencionais. Na plus, uma simples batinha básica tá 3 vezes esse valor. Achei caro, como tudo.

E os tamanhos? Quando anunciaram uma coleção APENAS plus, eu achei que os tamanhos seriam muito mais inclusivos. Achei que minhas amigas mais gordas iam poder comprar comigo. Achei que no mínimo, mais uns dois ou três números acima dos que lançaram, estariam lá. Eu juro de coração que esperava isso.

Achei várias peças um amor. Como calças skinny que eu tanto tenho dificuldade de encontrar na Renner, agora estarão lá, prontas pra usar. E eu amei que algumas peças que antes eu REALMENTE não cabia, agora caberei. Porém sim, só as mais básicas. Mas é aquele esquema: Antes nem as mais básicas eu encontrava. Vou comemorar isso SIM, pq a minha “categoria” de gorda foi (nem que seja um pouco) beneficiada com esse novo passo da Renner. Mas eu também não posso tirar a razão e calar as outras manas gordas que NÃO FORAM INCLUSAS numa coleção que era pra ser inclusiva. Eu vou ouvir o que elas tem a dizer. Assim como eu acredito que elas, de alguma forma, vão respeitar o fato de eu ter achado bacana essa campanha. Apesar de achar que a Renner teria CULHÃO pra lançar algo bem mais LACRADOR e INCLUSIVO pras gordas, também entendo que o mercado é complicado e que as coisas não mudam de um dia pro outro, mas sim, são construções feitas por conquistas menores.

Achei que faltou aquele famoso DIFERENCIAL. Mas gostei de ver que já estão dispostos a mudar muita coisa!

Pra quem quiser conferir a coleção, é só acessar o site da Renner!

#BeijoDaGlai

Beijo da Glai no Youtube! Confira agora o vídeo de lançamento do canal

GENTE! SIM! ESTÁ ACONTECENDO!

Depois de muito vocês me pedirem pra por o canal no ar, eu finalmente tive tempo pra começar a gravar vídeos sobre tudo o que já falamos aqui, mas de uma maneira mais dinâmica e didática! <3 O objetivo do canal será discutir assuntos pertinentes sobre empoderamento feminino, gordofobia, meninices que a gente adora e também uma série bem especial sobre como levar uma vida saudável sendo gorda!

Eu garanto pra vocês que tudo será feito com muito amor e dedicação, além de claro.. Algumas risadas também! Afinal, a gordinha aqui adora falar umas verdades 😉

Já vou pedindo desculpas pela qualidade de luz não ser lá essas coisas e a edição ainda ser simplinha, mas vamos aprimorando com o tempo, ok?

Então já confere o primeiro video de apresentação, deixa um like, compartilha e POR JESUS NUMA BICICLETA, se inscreva AQUI no canal e me deixe feliz <3

 

#BeijoDaGlai